pestañas

Bastará un tenue fulgor para iluminar las tinieblas.

Volver al Inicio

Aumentar Reducir

Tamaño de Letra

Entradas Antiguas

lunes, 19 de mayo de 2014
Por Marcelo Mardones.
Edición: Camila Prando.
Conforme conhece o bom leitor internacional, a educação no Chile é paga. Isto é particularmente gravoso no ensino superior. Os valores das mensalidades podem ultrapassar três mil dólares por ano, mesmo em instituições do Estado. Em relação às instituições privadas, a situação torna-se ainda mais complexa. Em que pese uma lei proibir fins lucrativos para essas empresas de educação, elas se valem de inúmeras ações fraudulentas para obter dividendos expressivos. Isto levou a situações desastrosas. Ainda encontram-se na memória casos como a Universidade da República, da Universidade de Las Condes, crises nas instituições do Estado (cujos críticos momentos ocorreram na Técnica de Santiago e Valparaíso) e o especialmente infame exemplo da Universidad del Mar. No momento, universidades do grupo norteamericano Laureate (Universidade de Phoenix, que controla no Chile as universidades Andrés Bello, Las Americas, Viña del Mar e a Escola Moderna de Música) estão sob investigação e, no caso das Américas, perderam a validação de receber subsídios do estado; por outro lado, também estão em crise as universidades Gabriela Mistral, Bernardo O'Higgins , de Ciências da Informação e a de Artes e Ciências Sociais.
Neste contexto, o caso da Universidad del Mar é o mais exemplar. Em 2012 chamou a atenção o problema de liquidez da universidade. Aulas, especialmente na área da saúde, foram oferecidas por professores sem formação na especialidade ensinada. Tal atitude, classificada como fraude, é objeto de uma investigação criminal. Ademais, a Universidad Del Mar funcionava como empresa financeira ilegal conforme a lei geral dos bancos do Chile. Ela refinanciava as dívidas e concedia empréstimos aos alunos com interesse de usura. Todos os ex-diretores da empresa estão sendo processados por corrupção e fraude.
Ante isso, a universidade deixou de pagar os salários dos funcionários, as aulas, e as sedes da universidade foram fechadas sem indenização, compensação ou planos de relocação para os alunos. Em virtude desta situação os estudantes escolheram como medida de reação a tomada do edifício sede da universidade. A ocupação dura mais de um ano e meio, sem resultados positivos.
Foi durante essa ocupação que interviu o artista visual Francisco "Papas Fritas”, e sob o pretexto de preparar uma apresentação sobre o que aconteceu com os alunos da Universidade, ele lhes pediu a colaboração para levar alguns entulhos da faculdade para fazer uma intervenção de arte. Mas os estudantes não sabiam que entre todo o lixo levado pelo artista estavam também as notas promissórias dos alunos, que serviam para a universidade cobrar as dívidas que tinham sido adquiridas pelos estudantes, mesmo sem cumprir em contrapartida os compromissos assumidos.
Breve resumo do Papa Fritas.
Francisco Papa Fritas tem uma longa carreira como artista e como provocador . Ele ganhou notoriedade depois que tatuou o logotipo do Governo do Chile em sua região lombar. Em uma exposição no verão de 2007, permitiu que por três quartos de Euro os visitantes da exposição dessem chicotadas na tatuagem. Em seguida, ele esculpiu a Ministra da Cultura do Chile como uma santa católica, e finalmente lançou esta efígie no contaminado rio Mapocho. Finalmente, ele se jogou contra o diretor do Museu de Arte Contemporânea , como forma cataclísmica de provocação.
Francisco Tapia Salinas, que é o nome real do artista, nasceu em San Miguel, região da classe trabalhadora de Santiago, a capital do Chile. Vizinho a uma das prisões superlotadas do país, testemunhou o incêndio sangrento que matou 81 detentos em 2010. Do impacto que lhe provocou a tragédia surgiu a exposição "Diálogos de emancipação", que retrata o conflito de perseguição estatal, a prisão, angústia, miséria e morte. Esta exposição foi vinculada a uma fundação, chamada 81 razones (em razão dos 81 mortos do cárcere São Miguel), que tem como objetivo expor os abusos nas prisões.
Suas pinturas falam sobre temas como o neoliberalismo, a cultura do consumo, a imposição do capitalismo pela força das armas e a degeneração da esquerda, tanto em adaptar-se ao sistema capitalista como a caricatura dos que afirmam ser "consistentes". Assim, ele criou pinturas como a de Salvador Allende,( -o presidente mártir da esquerda latinoamericana-) representado como um punk; a de Milton Friedman dirigindo um fantoche de Augusto Pinochet; a de Nicolas Maduro cercado por pássaros pintados em uma antena parabólica, entre muitas obras marcadas por uma caricatura brutal e uma visão sobre a política e os dilemas da esquerda latino-americana.
Ad augusta per angusta.
Retornando à discussão da arte relacionada à Universidad del Mar, ela leva o nome de "ad augusta per angusta". No entanto, também soa como "angústia", a descrição dos efeitos de uma droga barata e altamente viciante, usado principalmente no submundo sórdido de drogas pesadas (a " base de massas”, também chamado de Paco , que são só os resíduos da produção de cocaína ) que Fries já tinha abordado em uma exposição anterior, através da criação de moedas feitas com esta droga.
Na segunda-feira 12 de maio o conteúdo da exposição é revelado: uma cópia ampliada das da auto-denuncia de Francisco ante a Corte local (com jurisdição em matéria penal ), onde ele confessa ter furtado notas e outros títulos de crédito assinados pelos alunos, e anuncia que deles só restaram cinzas, e estas cinzas estão expostas no Centro Cultural Gabriela Mistral (alojado onde já foi o edifício UNCTAD III, construído durante o governo de Salvador Allende numa heroica façanha) . Estas cinzas chegaram a bordo de um Volkswagen Kombi 1992 fabricada no Brasil, de propriedade de seu advogado, Ariel Zuñiga , junto com um vídeo onde Papas Fritas confessa os fatos. Aos poucos, a notícia se espalhou. A mídia hegemônica timidamente abordou a questão. Por fim, o jornal infame " El Mercurio ", instigador do golpe de 1973 , publicou o fato em linguagem quase policial.
Os donos da Universidad del Mar reconhecem que as notas de crédito foram perdidas, e vários especialistas em direito comercial reconheceram que a capacidade de cobrar tais dívidas sem as notas originais assinadas torna-se bastante difícil, se não impraticável. No curto chamado de " honestidade " do aluno, se chamados a reconhecer a dívida , responder que sim, mesmo que seja uma dívida vil, o que geraria enriquecimento sem causa dos ex- titulares de notas de crédito .
Judicialização
Finalmente, na quinta-feira, 15 de Maio, o Departamento de Polícia, sob a direção do Procurador viñamarino Fernando Hood, chegou ao Museu Gabriela Mistral para apreender as cinzas e qualquer outro objeto da exposição, a fim de realizar investigações. Essa medida foi tomada de modo ilegal, pois o mandado de busca e apreensão não contou com autorização do juiz, mas tão somente com um pedido emitido pela própria procuradoria.
Embora não houvesse nenhum mandado de prisão contra Francisco Tapia, ele optou pela clandestinidade, em aconselhamento de seus assessores. A partir de então, o artista realizou declarações gravadas por conta própria que foram disseminadas na Internet. Em sua declarações afirma estar em uma “embaixada amiga”, sem especificar qual.
Francisco pode enfrentar acusações pelo crime de roubo em lugar não habitado . Quanto a queima das notas, que somam valor em torno de 500 milhões de dólares, ainda não há certeza sobre as possíveis conseqüências jurídicas .
Más información en:
Proyecto Kombi en Facebook
y en @Proyecto_Kombi 



3 comentarios:

Anónimo dijo...

Saludos Ariel,
deberías saber que estamos contigo!!
un abrazo desde villa alemana.

nelson melena dijo...

creo q es malo para todos nosotros ya q la violencia es lo pesimo q1 ay en la vida

nelson melena dijo...

creo q ls violencia es muy mala ya q estamos en algunos paises q esiste esos casos

Publicar un comentario

Deje su comentario o sugerencia, aunque no sea una crítica. A veces basta un saludo.
Vea los comentarios anteriores.

Otras Webs

Banner Fesal

Contador de visitas

Seguidores